As verdades e mentiras sobre os aparelhos de ginástica passiva

Aparelhos de Ginástica Passiva

Aparelhos de ginástica passiva são motivo de muita discussão. Afinal, pode um aparelho de ginástica passiva exercitar seus músculos como em um exercício "de verdade"? É possível exercitar-se passivamente?

Colocando os Músculos para Trabalhar

Apesar de opiniões contrárias, muitas com profundos embasamentos técnicos, usuários de aparelhos de ginástica passiva têm reportado algum sucesso no uso destes equipamento, como auxílio na tonificação muscular.

Normalmente através da descarga de impulsos elétricos em pontos específicos da musculatura, um aparelho de ginástica passiva, como o AB Toner, o famoso Elysée Belt da Feiticeira, e o novo Programa Total Shape (o programa de emagrecimento que tem o Pelé como garoto-propaganda), promove a contração involuntária do músculo. Esta contração, similar à comandada ao músculo pelo cérebro durante atividades físicas normais, seria, então, uma forma de exercitar e tonificar os músculos.

Ginástica Passiva Emagrece?

Normalmente, ao se praticar atividades físicas, o exercício da musculatura se dá através de atividades com maior ou menor grau de esforço aeróbico.

Como sabemos, este esforço aeróbico é importante na queima das calorias consumidas em excesso. Em outras palavras, é ele o responsável pela perda de peso de forma uniforme.

Com a utilização de um aparelho de ginástica passiva há pouca ou nenhuma atividade aeróbica. Os músculos exercitados são os localizados na área de atuação do aparelho. Assim, aparelhos de ginástica passiva podem não ser muito úteis se o que você quer é "queimar gorduras".

Por outro lado, como reportado por inúmeros usuários, a utilização de um aparelho de ginástica passiva pode ajudar na tonificação dos músculos. Se é isso que você quer, vale à pena tentar.

[ Contato ¤ Privacidade ¤ Termos de Uso ]
© 2004-2017 como-emagrecer.com
ATENÇÃO: Nenhuma informação, produto ou serviço oferecido por este site substitui o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.